A educação como ferramenta para o sucesso familiar

A educação além de um direito básico a toda sociedade é algo fundamental para o sucesso pessoal e familiar de muitos. Através da educação a mobilidade social se torna possível e assim uma melhoria de vida de uma grande parte da população que se apoia nela e acredita fielmente que sua dedicação aos estudos trará recompensas futuras e a realização de sonhos.

Formação escolar e posterior curso superior seja ele técnico ou graduação são grandes responsáveis pelo sucesso de muitas famílias que a partir daí conseguem grandes oportunidades de emprego ou até mesmo de mais estudo para adquirir um conhecimento mais abrangente possibilitando assim muitos outros benefícios.

Benefícios oferecidos pela educação

A educação por si só já é um ponto muito benéfico na vida de qualquer um, mas ela promove possibilidades extraordinárias a todos que se dedicam a ela elevando ainda mais a sua importância.

Muitos casos já foram divulgados por programas de tv de jovens estudantes que conseguiram por meio de sua dedicação tirarem sua família de situações de vulnerabilidade por meio de suas conquistas no estudo, com jovens de periferia que passam no vestibular de medicina sendo um dos mais concorridos de todo o Brasil.

 Incentivadores da educação

Sabendo de todos os benefícios que a educação é capaz de oferecer algumas empresas incentivam que jovens e adultos se dediquem aos estudos para assim se qualificarem e oferecerem para o mercado profissionais capacitados para o crescimento do país.

Programas como o PSG SENAC 2021 são grandes oportunidades para inúmeras pessoas que não tem condições de se matricularem em alguns cursos devido ao alto valor de matricula e mensalidade e a instituição SENAC oferece vagas gratuitas que contemplam várias áreas fazendo com que os jovens consigam se profissionalizar para o mercado.

Os cursos gratuitos do SENAC em 2021 estão presentes em todos os estados brasileiros e a instituição é responsável por formar anualmente milhares de alunos nos diversos cursos oferecidos.

Com 70 anos de atuação oferecendo cursos profissionalizantes que são responsáveis por mudar a vida de muitas famílias o SENAC incentiva cada vez mais a educação e apoia todas as pessoas que têm o desejo de se qualificar mas não possui condições financeiras para isso.

Alguns dos cursos oferecidos pelo SENAC são:

  • Gestão de salões de beleza;
  • Técnico em segurança do trabalho;
  • Vendedor;
  • Técnico de administração;
  • Técnico em geoprocessamento;
  • Operador de caixa
  • Técnico de logística;
  • Técnico de qualidade.

Cursos esses que ensinam de forma prática e focada todos os seus alunos a serem trabalhadores funcionais oferecendo o que o mercado mais precisa, profissionais qualificados.

Diferença entre colégio militar e colégio cívico-militar

A educação militar em todo o país é marcada como um ensino progressista e de extrema qualidade. As escolas militares são instituições que possuem como principal objetivo preparar seus alunos para a vida em sociedade, formando cidadãos eticamente corretos que são guiados pelos valores e pelas tradições da educação militar.

inicialmente essas instituições foram criadas para atender aos filhos dos militares oferecendo assim uma boa qualidade de ensino. Era um ensino restrito apenas para meninos, mas com o passar dos anos começaram a aceitar meninas e o ensino ficou aberto para alunos que não possuíam vínculo familiar com o mundo militar, possibilitando assim um ensino mais acessível, principalmente com o passar dos anos como nas matriculas 2021.

Seguindo um objetivo semelhante, apenas com algumas diferenças pedagógicas, surgiram as escolas cívico-militares. As escolas cívico militares são instituições que seguem preceitos militares de conduta, mas no quesito ensino a responsabilidade é exclusiva de profissionais da área pedagógica. Comportamentos e disciplina são pontos cobrados por militares que ficam como seus responsáveis, meninos sem cabelo comprido e brincos e meninas sempre com cabelos presos e um comportamento sempre adequado são cobrados diariamente nessas instituições.

Qual a principal diferença do ensino militar para o cívico militar?

Os colégios militares oferecem todo o seu ensino fundamental e médio dependente de militares, militares licenciados e professores da sociedade civil fazem parte do quadro de funcionários dessas instituições. Para os professores civis é necessário a aprovação em concurso publico e no caso de militares acontece uma análise de currículo e entrevista que viabilizam esses profissionais para fazerem parte da instituição e assim iniciarem no ensino militar dessas escolas.

Já quando se fala em ensino cívico militar alguns pontos são diferentes. Nessas instituições a presença e atuação de militares na área administrativa é certa, mas na área pedagógica a interferência deles ainda é algo muito discutido.

O currículo dos profissionais de ensino é determinado pela secretaria de educação assim como o plano de ensino também passa pela secretaria. Esse ensino é uma mescla entre escolas tradicionais e militares formando assim instituições com cobranças comportamentais puxadas para o lado militar só que com alguns pontos principalmente no ensino que puxam para o lado das escolas cívicas tradicionais.

Como se matricular nessas instituições?

As matriculas para essas instituições assim como todas as outras escolas já se iniciam no final de cada ano. Para algumas escolas exclusivamente militares o ingresso dos alunos depende de concursos onde o conhecimento será testado através de uma prova de conhecimentos gerais e a depender da colocação dos participantes começam a fazer parte das instituições.

Para as escolas cívico militares o ingresso depende muito do funcionamento dessas escolas e devido a isso é sempre necessário ficar atento a todas as informações a respeito do assunto, as matriculas para todos os estados do Brasil já começam a abrir e a matricula Rio 2021 já começa a ser divulgada para todos os interessados promovendo um sistema mais fácil e acessível para todos os futuros alunos.

Saiba como vestibulares devem ser realizados durante a pandemia

Muita coisa mudou na pandemia, para priorizar a saúde dos cidadãos. A educação precisou se adaptar a essa nova realidade, sem deixar de oferecer seus serviços. Saiba como vestibulares devem ser realizados durante a pandemia!

Como fazer o vestibular na pandemia?

Pensando em começar aquele curso dos sonhos, independente da pandemia? Saiba que isso é possível! É verdade que em meio ao risco de contaminação do COVID-19, as formas de abordagem das universidades foram atualizadas. Mas isso não compromete sua entrada na universidade, apenas há outras formas para que isso aconteça.

O que antes era feito presencialmente, atualmente tem acontecido na maioria das vezes via web. Sim! As provas agora são de forma eletrônica, sem a necessidade do descolamento do aluno até a instituição.

Existem algumas universidades que optaram por fazer o vestibular agendado, respeitando todo o procedimento de segurança. Mas caberá ao candidato escolher, como deseja fazer a prova e concorrer a vaga para o curso desejado.

Através do ENEM, é possível utilizar a nota par adquirir bolsas de estudos, iniciando a vida dos sonhos na faculdade desejada.

Estratégias das instituições de ensino superior

São muitas as estratégias adotadas pelas instituições de ensino superior, cada uma delas estudadas para proporcionar ao candidato a possibilidade de ingresso nos cursos.

As estratégias utilizadas pelas instituições de ensino superior, são as seguintes:

  • Nota do ENEM;
  • Vestibular online;
  • Prova agendada;
  • Notas de provas de anos anteriores;
  • Provas práticas e teóricas.

O ensino continua a distância, mas a qualidade não diminui. No momento de pandemia do país, as aulas permanecem remotas.

Quem pode fazer o vestibular?

Quem já terminou o ensino médio, poderá fazer o vestibular, seja ele online ou presencial de forma agendada. Mas não se iluda, não é porque estamos em pandemia que você não vai enfrentar concorrentes.

Para obter o resultado desejado e ocupar a vaga, foco nos estudos!

Bolsas de estudo ProUni

Você sabia que através das inscrições para o ProUni 2021, é possível obter bolsas de estudo? Sim, o Programa Universidade para Todos oferece bolsas de 50% e 100%. Mas para ter acesso a bolsas integrais, os alunos precisam estar em condições financeiras de baixa renda.

Para conseguir a bolsa é bem simples!

  • Faça o ENEM;
  • Tire nota geral mínima de 450 pontos;
  • Faça sua inscrição no portal oficial do ProUni;
  • Escolha duas opções de cursos, na faculdade particular que desejar;
  • Aguarde o resultado.

É importante ser bem estratégico, ao selecionar o curso e o tipo de bolsa que deseja obter, veja se sua nota cobre a nota de corte do curso.

Não adiante se inscrever em um curso onde sua nota não alcança a média para obter a vaga, porque dessa forma fica difícil conquista-la. Dê seu melhor no ENEM, boa sorte!

Como estudar enfermagem sem precisar pagar nada? Saiba aqui!

Em parceria com outros profissionais de saúde o enfermeiro se dedica em toda a sua carreira a promover, manter e restabelecer a saúde de seus pacientes e seus serviços são considerados essenciais em todas as unidades de atendimento à saúde. O funcionamento de hospitais, clínicas e atendimentos domiciliar não seria possível sem a presença desses profissionais.

Dentro de um hospital os enfermeiros desempenham inúmeras funções, que vão desde coleta de dados dos pacientes até definir qual a conduta que a equipe de enfermagem vai seguir diante das situações. Dependendo do nível do profissional e as especializações que possui seu campo de atuação pode ser mais complexo atuando em casos mais críticos.

Devido a todo o papel que os profissionais de enfermagem desempenham e por um amor a área de saúde inúmeras pessoas tem o sonho de estudar enfermagem e trabalhar nesse mercado. Cursos de graduação e cursos técnicos da área são ofertados e a procura é sempre grande.

Diante da grande procura de jovens e adultos por esse curso algumas instituições abriram mais turmas e mais vagas para capacitarem cada vez mais pessoas para esse mercado. Com matriculas a preços acessíveis o numero de alunos aumentou e interessados na área surgem cada vez mais.

Já pensou em fazer seu tão desejado curso de forma gratuita?

O mercado sempre vem pedindo por mais profissionais capacitados, e visando isso algumas instituições de ensino começam a oferecer cursos profissionalizantes totalmente gratuitos para jovens e adultos que tem interesse em se qualificar para esse mercado de trabalho.  O SENAC é uma das principais instituições de ensino reconhecida em todo o Brasil e todos os anos oferece duas vezes ao ano inscrições de diversos cursos em diferentes áreas de forma totalmente sem custo de matricula ou mensalidade. Atualmente sendo um dos centros de educação de nível técnico mais importante de todo o Brasil o SENAC é responsável pelo ingresso de inúmeros profissionais de qualidade no mercado e referência em educação.

Para todos os jovens e adultos que se encontram interessados em investir em suas carreiras profissionais se qualificando em um curso técnico o SENAC 2021 já esta batendo na porta e a atenção desses estudantes para a inscrição deve ser redobrada, com vagas limitadas e abertura só duas vezes por ano a concorrência fica forte e a chance de conseguir realizar seu sonho de se formar no tão desejado curso não pode ser deixada de lado. Aprendizado de qualidade e sem custos nunca ficou tão fácil assim!

Os estados que já estão realizando inscrições para o próximo ano letivo

É importante ficar atento ao ato de matrícula que acontece anualmente, os estados que já estão realizando inscrições para o próximo ano letivo estão a todo vapor. Fique atento e não perca essa chance, evite perder a sua vaga!

As matrículas escolares estão disponíveis em muitos estados do Brasil, por isso é importante saber se o mesmo ocorre na sua região. O procedimento de matrícula em sua maioria acontece via portal, para facilitar a vida dos pais e também dos estudantes.

Devido a pandemia as escolas tem optado por realizar suas inscrições online, algo que já acontecia anteriormente para algumas das instituições de ensino. Agora fica mais fácil fazer a matrícula do seu filho ou a sua, basta se informar.

As inscrições para as escolas públicas poderão acontecer via portal da Secretaria de Educação da sua cidade, basta acessar o portal e clicar na opção de matrícula ou inscrições. É muito importante ficar atento ao período de matrículas, porque as vagas são extremamente disputadas.

Estados que realizam a matrícula escolar

Saiba que todos os estados estão se organizando, para fornecer a opção para a realização da matrícula e até mesmo a pré matrícula 2021. A mesma poderá acontecer tanto para quem deseja estudar na escola de rede pública, como para quem deseja ingressar na escola privada.

Os estados que realizam esse procedimento de matrícula são:

  • São Paulo;
  • Pernambuco;
  • Bahia;
  • Goiás;
  • Ceará;
  • Santa Catarina;
  • Paraná;
  • Rio Grande do Sul;
  • Dentre outros estados do Brasil.

Não tem mistério! Basta acessar o site oficial da Secretaria de Educação do seu estado, assim poderá conferir se o ato está disponível.

Quem pode se matricular?

Todos os alunos poderão se matricular na escola deseja, seja ela pública ou privada. Mas é importante salientar que para alunos menores de idade perante a Lei, quem realiza a matrícula são os pais ou o responsável legal pela criança.

Como tudo ocorre via portal, basta preencher a ficha de inscrição de acordo com os dados pedidos na tela. É crucial analisar cada dado fornecido, porque a sua ficha será analisada pela escola e comprovada de acordo com sua documentação.

Para evitar estresses, antes de enviar a matrícula faça uma análise minuciosa dos dados. Caso tenha errado alguma informação, poderá corrigir sem nenhum problema.

Atenção: Na efetivação da matrícula que acontece na escola escolhida, você precisará levar os documentos exigidos pela instituição de ensino. Porque eles serão analisados, de acordo com os dados que você informou no ato de matrícula online.

Governo mantém orçamento da Educação superior ao da Defesa em 2021

Foi enviada ao Congresso a proposta de orçamento para o ano de 2021, o Governo Federal pretende manter no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) os gastos previstos com a Educação serão maiores do que os com a Defesa, no ano de 2021. As informações foram disponibilizadas segundo a proposta final do PLOA, o qual prevê o investimento de 144,5 bilhões para o Ministério da Educação e 116,1 bilhões destinados ao Ministério da Defesa.

Mesmo com a atual crise econômica e orçamentária, o governo Bolsonaro privilegiou os setores da Defesa, pois quando comparado o orçamento do ano de 2020 a Defesa obteve aumento orçamentário no próximo ano, no entanto, os valor está abaixo do orçamento da Educação. O aumento para o Ministério será de 1,178 bilhão de reais a mais do que em 2020. O dinheiro deverá ser utilizado para a modernização das forças armadas, com a compra de helicópteros, aviões, blindados, e outros gastos não obrigatórios.

Para a Educação os valores também terão aumento em relação ao ano de 2020, o governo recuou na decisão de manter a Defesa com maior orçamento e definiu valores maiores para a Educação. Com isto, a pasta educacional passa a ter a verba de 144,5 em 2021, o que representa uma elevação de 1,702 bilhão em relação a 2020 que contavam com 142,8 bilhão de reais.

Com a crise causada pelo novo corona vírus e o adiamento do Enem 2020, muitos jovens se prejudicaram o que pode acarretar em uma maior procura para a próxima edição do SISU em 2021, conferir o cronograma SISU 2021 é de suma importância, para que mais danos não sejam causados ao cronograma pessoal dos estudantes.

O orçamento não prevê destinação de verba para o Renda Brasil, de acordo com representantes do governo o programa ainda está sendo discutido e por este motivo não entrou no orçamento. Enquanto outros setores como Meio Ambiente e Saúde irão sofrer corte orçamentário durante o próximo ano. A inflação do ano anterior é utilizada para medir os gastos do ano seguinte, como os gastos estão sendo altos devido a pandemia, o governo deverá ter um novo teto orçamentário não podendo gastar além do previsto.

No entanto, dados apontam que a economia continuará a enfrentar problemas no próximo ano, a pandemia mundial acabou afetando ainda mais os setores econômicos. Esse impacto deve permanecer em 2021, alguns setores como o comércio sofreram baixas históricas o que impactou os cofres públicos e privados, gerando menos impostos e mais danos a ambas as partes. O novo PLOA será um desafio para o governo Bolsonaro que terá que lidar com mais problemáticas como a falta de dinheiro.

Os desafios de manter os estudos em dia durante a pandemia

Estudar durante a quarentena tem sido um desafio para diversas pessoas de idade diferentes e com objetivos diferentes. Muitos motivos podem justificar essa dificuldade que não é exclusiva de nenhum grupo, mas é possível driblar esses fatores que atrapalham o seu desempenho.

Veja a seguir alguns dos desafios de manter os estudos em dia durante a quarentena e o que você pode fazer para evitá-los:

Estudar na quarentena tem sido um desafio para todos e muitos são os obstáculos. Quem vai participar das inscrições OAB em 2021por exemplo, geralmente enfrenta problemas como muitas pessoas em casa, família e responsabilidade com filhos.

Como este é um público adulto, não é difícil que encarem situações como adaptação do trabalho para o modo online. Esta é uma das principais mudanças que temos enfrentado ultimamente, já que basicamente todos os serviços passaram a ser oferecidos a distância.

Portanto, mesmo que o calendário OAB 2021 ainda delimite um prazo de preparo para os concurseiros, o tempo pode não ser suficiente para que quem vai participar do exame possa se sentir apto a participar.

Já quem irá participar de vestibulares, como o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) está encontrando ainda mais desafios. Isto porque, o ensino a distância ainda é uma novidade para a maioria das instituições privadas e mesmo aqueles que conseguiram desenvolver uma plataforma equivalente encontram situações difíceis.

Uma delas é o fato de que nem todos os estudantes dispõem de um computador, notebook ou até mesmo internet de qualidade para assistir as aulas.

Enquanto isso, para o ensino público essa situação é ainda pior, pois até agosto de 2020, o Governo ainda não tinha elaborado soluções para que os estudantes do ensino médio da rede pública pudessem ter aulas remotas, o que prejudicou muito a vida dos vestibulandos que já estavam inscritos no Enem.

E este cenário de longa demora e elaboração de projetos que pudessem equiparar o acesso as aulas online também se estendeu pelo ensino superior da rede pública. Somente em agosto de 2020, os estudantes de instituições de ensino como as Federais e as Rurais puderam retomar suas aulas e dar continuidade ao ano letivo.

Como medida de equiparação de oportunidades, algumas instituições da rede pública promoveram projetos que proporcionam um auxílio digital para compra de um notebook, computador ou tablet a fim de que os alunos de renda baixa possam ter acesso as aulas online e assim como possam estudar em casa.

Atenção, concurseiro! Conheça os principais editais previstos para o próximo ano

Os concursos são processos seletivos realizados periodicamente e que exigem bastante preparação por parte dos candidatos. Você já conferiu quais os editais previstos para o próximo ano? Confira as informações a seguir e descubra:

Os concursos são os processos seletivos mais aguardados, pois possibilitam diversas promessas para os candidatos que obtiverem sucesso. Esses processos podem ter uma ou mais fases para classificar os candidatos mais habilitados a fim preencher determinadas vagas e por isso, são complexos.

É necessário preparação para ter um resultado positivo nesse tipo de seleção e pensando nisso, concurseiros de todos os estados do Brasil já estão atentos para os concursos previstos 2021.

Cada concurso tem o seu próprio formato e os conteúdos abordados nas provas objetivas dependem diretamente do direcionamento das vagas, mas no geral, o processo acaba atraindo muitos candidatos uma vez que promove benefícios.

Quais as vantagens de ser aprovado em concurso?

Como mencionado, os processos seletivos que distribuem cargos são muito concorridos pois promovem benefícios para os servidores e se você está pensando em participar dos concursos abertos 2021terá acesso a uma remuneração superior a média.

Além disso, ganha estabilidade no emprego já que cargos públicos alcançados através de concurso precisam de um processo administrativo para remover ou transferir o funcionário. A carga de trabalho também é reduzida, possibilitando ainda um horário flexível e fixo, somado à probabilidade minima de atuar nos fins de semana.

A grande maioria dos concursos exige somente o nível médio, o que significa que os argos promovidos através de concurso público não existem experiência prévia. Você pode alcançar estabilidade, remuneração consideravelmente superior, qualidade de vida, entre outras vantagens, mesmo se só tiver concluído o ensino básico.

Quais os concursos previstos?

Agora que você já sabe o que são os concursos públicos e quais as vantagens que aguardam os candidatos que obtêm sucesso neles, vamos apresentar alguns dos concursos previstos e que podem ser a grande oportunidade para alavancar a sua carreira.

Vale mencionar que tanto a data quanto a quantidade de vagas previstas podem modificar e por isso, os processos seletivos mencionados a seguir não foram estão divulgados com exatidão. São eles:

  • Concurso Departamento Penitenciário Nacional – DEPEN
  • Concurso Polícia Rodoviária Federal
  • Concurso Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte – TRE-RN
  • Concurso Tribunal de Contas do Município de São Paulo – TCM SP
  • Concurso Senador Federal – PRF
  • Concurso Polícia Militar do Estado do Paraná – PM PR
  • Concurso Fundação Nacional do Índio – FUNAI

Curso técnico ou profissionalizante? Saiba como escolher o melhor para você!

O ensino técnico e o profissionalizante são constantemente confundidos devido às suas semelhanças, mas vale ressaltar que essas são modalidades diferentes de curso e para decidir qual a melhor opção para você é preciso conhecê-las. Confira as informações a seguir e saiba como escolher o melhor ensino para você:

Tanto o ensino técnico como o ensino profissionalizante tem se tornado bastante popular no mercado, pois promovem uma qualificação para que o trabalhador atue no mercado de trabalho com um curso especializado em sua área.

Vamos conhecer um pouco mais dessas duas modalidades e entender quais as diferenças entre elas, para assim, saber qual a melhor opção para cada perfil de profissional.

Ensino Técnico

O ensino técnico tem sido a grande aposta do país, pois promove uma qualificação reconhecida pelo MEC com pouco tempo de estudo.

Além disso, muitos programas têm se voltado para esse nível de estudo a fim de investir em bolsas gratuitas para que profissionais mais qualificados estejam no mercado de trabalho em breve.

Temos como exemplos desses programas, os cursos do SENAI 2021que podem ser acessados através da própria instituição ou através de programas como o Novos Caminhos, antigo Pronatec, que proporciona bolsas de estudo.

Ensino Profissionalizante

O ensino profissionalizante tem sido um método de qualificação profissional muito utilizado por jovens e adultos que precisam se inserir no mercado de trabalho em pouco tempo.

Nos cursos profissionalizantes, os estudantes adquirem os conhecimentos necessários para atuar em determinada profissão, com foco bastante voltado para a prática.

Esta é uma boa forma de começar o aprendizado sobre determinada área, sem precisar cursar anos a formação , sem saber se realmente se identifica com ela.

Principais Diferenças

Agora que você já conhece um pouco sobre cada modalidade de ensino, vamos entender quais as principais diferenças entre elas.

Certificado

Os cursos técnicos oferecem certificado de ensino técnico reconhecido pelo MEC, o que pode ser mais atraente para as empresas. Os cursos profissionalizantes, também chamados como cursos livres, não precisam oferecer certificado reconhecido pelo MEC.

Duração

Como o curso técnico proporciona certificado reconhecido, é preciso seguir algumas regras como a carga horária dos cursos, o que faz com que ele dure entre 18 e 24 meses. Enquanto isso, o curso profissionalizante é mais flexível, podendo durar desde 8 a 24 meses.

Trabalho de Conclusão

O ensino técnico exige um trabalho de conclusão regrado que varia de acordo com o curso, mas o urso profissionalizante não precisa, necessariamente, de um trabalho de conclusão complexo.

Como o novo coronavírus tem afetado a vida dos vestibulandos?

O novo coronavírus têm registrado índices muitos negativos para vários aspectos de nossas vidas e tem proporcionado mudanças significativas em todos os setores, inclusive os relacionados a concursos e vestibulares. Mas de que forma essas mudanças afetam a vida dos vestibulandos? Entenda tudo a seguir:

Os vestibulandos aguardam por muitos meses para a realização dos processos seletivos. Estes candidatos possuem um longo período de preparação, chegando a investir capital pessoal em cursos preparatórios, aulas particulares, entre outras possibilidades.

Por isso, quem vai participar das inscrições para vestibulares em 2021precisa saber como estarão as previsões deste ano para os vestibulando.

Sabemos que o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é o processo seletivo padrão para que os estudantes acessem o ensino superior, sendo aceito pela maioria das instituições. Em 2020, tivemos o adiamento do Enem devido a pandemia do coronavírus, e consequentemente, ao isolamento social.

Por isso, a previsão é de muita instabilidade, já que até concursos federais chegaram a ser adiados sem uma previsão no último ano.

O adiamento demorou a ser aderido pelos órgãos responsáveis pela realização do Enem, o que deixou os estudantes bastante aflitos, já que diversos outros concursos já haviam se pronunciado a favor do adiamento das datas.

O maior problema em relação ao acontecimento do vestibular em 2020, além de ser a aglomeração, obviamente, era que os estudantes de escola pública não estavam tendo acesso às aulas online, como aconteceu com os estudantes do ensino privado.

Logo, esses estudantes deixaram de ter acesso ao conteúdo base que está previsto no planejamento de conteúdos do Enem.

E justamente por esse histórico do Enem, os vestibulandos estão se questionando sobre as mudanças. Em primeiro lugar, está a mudança ocorrida em relação ao processo de aprendizagem, que tem sido em sua maioria a distância.

O segundo ponto é a realização do processo seletivo online, que tem sido aderido por muitas instituições privadas de ensino para aplicar o vestibular tradicional.

De qualquer forma, comunicadores e educadores pedem que os estudantes não deixem de se preparar para esses exames, mesmo que seja de maneira independente.

Afinal, temos a possibilidade de expansão do Enem Digital, que poderá ser também a solução mais propícia para este tipo de processo seletivo.

De certo, é necessário estar preparado para as mudanças que ainda podem acontecer, assim como estar apto ara se adaptar a novos processos de avaliação que podem vir a surgir como solução dos problemas pós-coronavírus.