Curso técnico ou profissionalizante? Saiba como escolher o melhor para você!

O ensino técnico e o profissionalizante são constantemente confundidos devido às suas semelhanças, mas vale ressaltar que essas são modalidades diferentes de curso e para decidir qual a melhor opção para você é preciso conhecê-las. Confira as informações a seguir e saiba como escolher o melhor ensino para você:

Tanto o ensino técnico como o ensino profissionalizante tem se tornado bastante popular no mercado, pois promovem uma qualificação para que o trabalhador atue no mercado de trabalho com um curso especializado em sua área.

Vamos conhecer um pouco mais dessas duas modalidades e entender quais as diferenças entre elas, para assim, saber qual a melhor opção para cada perfil de profissional.

Ensino Técnico

O ensino técnico tem sido a grande aposta do país, pois promove uma qualificação reconhecida pelo MEC com pouco tempo de estudo.

Além disso, muitos programas têm se voltado para esse nível de estudo a fim de investir em bolsas gratuitas para que profissionais mais qualificados estejam no mercado de trabalho em breve.

Temos como exemplos desses programas, os cursos do SENAI 2021que podem ser acessados através da própria instituição ou através de programas como o Novos Caminhos, antigo Pronatec, que proporciona bolsas de estudo.

Ensino Profissionalizante

O ensino profissionalizante tem sido um método de qualificação profissional muito utilizado por jovens e adultos que precisam se inserir no mercado de trabalho em pouco tempo.

Nos cursos profissionalizantes, os estudantes adquirem os conhecimentos necessários para atuar em determinada profissão, com foco bastante voltado para a prática.

Esta é uma boa forma de começar o aprendizado sobre determinada área, sem precisar cursar anos a formação , sem saber se realmente se identifica com ela.

Principais Diferenças

Agora que você já conhece um pouco sobre cada modalidade de ensino, vamos entender quais as principais diferenças entre elas.

Certificado

Os cursos técnicos oferecem certificado de ensino técnico reconhecido pelo MEC, o que pode ser mais atraente para as empresas. Os cursos profissionalizantes, também chamados como cursos livres, não precisam oferecer certificado reconhecido pelo MEC.

Duração

Como o curso técnico proporciona certificado reconhecido, é preciso seguir algumas regras como a carga horária dos cursos, o que faz com que ele dure entre 18 e 24 meses. Enquanto isso, o curso profissionalizante é mais flexível, podendo durar desde 8 a 24 meses.

Trabalho de Conclusão

O ensino técnico exige um trabalho de conclusão regrado que varia de acordo com o curso, mas o urso profissionalizante não precisa, necessariamente, de um trabalho de conclusão complexo.