Por conta do coronavírus, processos seletivos para universidades no Brasil são adiados!

Com a crise do coronavírus e as medidas tomadas para evitar a propagação da doença, o Governo e os órgãos responsáveis precisaram fazer algumas alterações no calendário deste ano. Veja a seguir o que mudou:

A medida de isolamento impediu muitos alunos, de todos os níveis, de continuar estudando. Mesmo que as instituições de ensino privado tenham aderido ao ensino a distância, esta ocorrência não se aplica para todos os candidatos dos concursos próximos.

Quais concursos ainda não sofreram alterações?

Quem está se preparando para os concursos do próximo ano, já foi instruído a continuar estudando como for possível, pois não há previsões de alteração para a data dos principais vestibulares 2021.

O que mais tem preocupado a maioria dos estudantes é o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que é realizado anualmente por estudantes de todos os níveis e instruções. Apesar da realização do processo seletivo, ainda ser incerta, o possível adiamento ainda não foi confirmado.

Grande parte dos estudantes têm feito reclamações via internet aos órgãos responsáveis alegando a impossibilidade de preparação equivalente para todos os estudantes. Até então, nenhuma medida confirmada e os vestibulando foram aconselhados a seguir estudando em casa.

E quais concursos foram adiados?

Mas este não é cenário para todos os concursos, principalmente aqueles que estão mais próximos. As instituições de ensino superior da rede pública realizam duas seleções por ano, uma delas ocorrendo segundo período. Essa seleção visa compensar as desistências e não-matrículas da primeira seleção que ocorre no começo do ano.

Este é o caso da Universidade de Brasília (UnB), que suspendeu o processo seletivo dos estudantes que visavam ingressar na instituição através da segunda entrada.

Outra instituição da mesa categoria que aderiu às medidas foi a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ ), que suspendeu a prova objetiva que seria realizada no mês de março.

Além dos concursos voltados para o setor educacional, diversos outros processos que iriam preencher vagas para cargos públicos também foram adiados. Foi este o destino de um dos concursos mais concorridos e aguardados do país, o de Polícia Civil. As ofertadas eram provenientes do Distrito Federal.

A Prefeitura de São José do Rio Pardo, em São Paulo, a Prefeitura de Nossa Senhora de Nazaré, no Rio de Janeiro e a Prefeitura de Baixa Grande do Ribeiro, no Piauí também suspenderam suas provas objetivas e até então, nenhuma data nova está prevista para aplicação do concurso nessas regiões.